Voltar a Home do Gerentes Gerentes - Adicione aos favoritos Siga: Gerentes no Facebook Gerentes no Twitter Gerentes no Linkedin Gerentes no Google Plus Cadastre-se no Gerentes Cadastre-se

O conteúdo desta página requer a nova versão do adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Compartilhe

seu nome:

seu e-mail:

nome do seu amigo:

e-mail do seu amigo:

Comentário:

O Vício Oculto
Por Luciano Pires

12 de 09 de 2012

Existem certos vícios de linguagem curiosos que se tornam marcas registradas de algumas pessoas. Por exemplo, terminar as frases com “né?”.
Existem certos vícios de linguagem curiosos que se tornam marcas registradas de algumas pessoas. Por exemplo, terminar as frases com “né?”.


Existem certos vícios de linguagem curiosos que se tornam marcas registradas de algumas pessoas. Por exemplo, terminar as frases com “né?”. Ou começar com “não”. Ou então, como é meu caso, colocar “cara” no começo ou no meio ou no final das frases. Não sei isso é algum transtorno obsessivo, mas cheguei à conclusão de que existe também o que chamo de “vício oculto”. É um vício de linguagem que a pessoa não usa, mas que você sabe que está lá. Por exemplo, o “seu idiota” no final das frases ditas pelos políticos. Funciona assim:

- Eu não sabia de nada. Seu idiota.

É claro que o ex-presidente nunca disse em público o “seu idiota”. Mas pela expressão facial, o tom de voz... dá a impressão de que a expressão está lá.
- O mensalão não existe, aquilo era só caixa dois. Seu idiota.

É claro que Vossa Excelência não disse o “seu idiota”. Mas pela expressão, pelo tom de voz...

- Durante o caos aéreo, relaxa e goza. Seu idiota.

É claro que a ministra não disse o “seu idiota”. Mas...

No entanto, os indicativos visuais ou sonoros são apenas acessórios. O que realmente torna explícito o “seu idiota” oculto é teor ridículo das afirmações. São tão despropositadas, mentirosas e absurdas que quem as profere só pode achar que seu interlocutor é um idiota.

E por falar na ex-ministra, ela é a peça central da mais nova manifestação do vício oculto. Preterida na campanha à prefeitura de São Paulo e até mesmo humilhada publicamente por Lula, a senadora petista Marta Suplicy soltou os cachorros, negando-se veementemente a apoiar Fernando Haddad, o candidato imposto pelo ex-presidente no lugar dela. Marta ficou furiosa e demonstrou isso diversas vezes, com afirmações e atitudes. E então aconteceu. Algumas semanas após chutar o pau da barraca a senadora conversou com o ex-presidente Lula e mudou de ideia. Decidiu participar, gravou depoimento apoiando Fernando Haddad na TV e participou da campanha na rua com o petista. E poucos dias após a decisão da senadora de apoiar Haddad, a presidente Dilma trocou a Ministra Ana de Hollanda por Marta Suplicy no Ministério da Cultura. Perguntada sobre a “coindecência”, Marta declarou que:

-  A indicação nada teve a ver com meu apoio ao Haddad. A Presidenta não faria isso. Seu idiota!

É claro que ela não disse o “seu idiota”, mas pelo tom da voz, o sorrisinho irônico, o olhar e o conteúdo..

Se você nunca reparou, comece já. Aproveite o horário eleitoral. Veja as expressões de camaradagem, o linguajar infantil, o tom de voz artificialmente amaciado, o sorriso exagerado e o olhar cheio de amor pra dar. E imagine que ao final de cada frase está o “seu idiota”.

Você vai aos poucos aprender a perceber o vício oculto e então, a partir da realidade dos atos e fatos, perceberá aquilo que não precisa ser dito.


Para eles, você não passa de um idiota.


Luciano Pires

Compartilhe

Outros artigos de Luciano Pires

Nome:
E-mail:
COMENTÁRIO:

+ Publicidade

Assine a NewsLetter do Gerentes e fique atualizado com o melhor conteúdo de Gestão da WEB

Fique atualizado!
Receba nossos artigos por e-mail!

Digite seu e-mail:

+ Ultimos Artigos

11/11/2013 - COMO REEQUILIBRAR O MERCADO...

05/11/2013 - Como Lidar com Tanta...

14/10/2013 - Que Futuro aguarda o...

14/10/2013 - Brasileiros made in China...

14/10/2013 - Festa de confraternização...

14/10/2013 - Começar a trabalhar...

14/10/2013 - Proxis Anuncia Nova Diretora...

26/09/2013 - O que influencia o comportamento...

23/09/2013 - Os Cinco T´s dos Eventos...

02/09/2013 - Assessoria de imprensa:...

22/08/2013 - Estamos em crise?...

02/08/2013 - Larguei emprego para...

28/06/2013 - Consumidor e Serviços...

22/06/2013 - Diga não ao derrotismo...

19/06/2013 - O capitalismo não é...

SOBRE NÓS

Acreditamos que com esses 2 elementos todo líder deve obter o sucesso mais rápido e mais consistente! E sua visita aqui é importante por isso. Nosso objetivo secundário é disseminar a discussão entre gestores de todos os segmentos, ouvir, criar e ainda assim ser um link entre você e sua carreira. Acreditamos no café do corredor, no bom humor, no almoço de negócios, feedbacks e reuniões que durem menos 15 minutos.